Cientistas na Ufologia – Meros laranjas

Posted on 21 de agosto de 2010

9


 

A melhor forma de ocultar uma verdade é desvirtuando-a como mentira. Para destruir uma verdade é melhor pegar uma parte dela e na parte que mais importa transfigurá-la a ponto de que aquilo que realmente importava, o seu verdadeiro núcleo, seja completamente destruído. É isso que fazem com a existência da vida extraterrestre. Pegam o tema, criam o circo de mentiras, chamam personagens para interpretar e jogam para o povo. Ocultar completamente o assunto seria pior do que expor deturpando-o através de mentiras. Criam as fantasias que querem e aniquilam tudo aquilo que deveria ser realmente trabalhado e exposto. É por isso que vez ou outra a mídia passa alguma coisa, porém, sempre criando a atmosfera que lhe servirá para expor a mentira. Quando não o fazem de forma vexatória, com o claro objetivo de ridicularizar o fazem de forma séria escorada na demente idolatria à ciência, porém, sempre, expondo mentiras.

Se não falassem do assunto surgiriam suspeitas e dúvidas e a mídia trabalha para tirar as suspeitas e dúvidas das pessoas. A dúvida mexe as pessoas, a resposta faz parar e se as pessoas têm alguém para lhes dar a resposta não precisam fazer mais nada. A mídia sempre se coloca como o paladino da justiça que vem para esclarecer o que está em oculto. Aí mostram o que querem e da forma que querem. Como se portam como articuladores da democracia e falsários de um 4.º poder pensam que encerram o assunto como querem e as pessoas realmente aceitam isso. Seja na tv, no rádio ou nos periódicos a palavra final sempre é a da mídia, até porque, o mundo cotidiano não permite que se perca muito tempo com poucas coisas. Os assuntos estão sempre vindo à tona e parar para ir ao cerne da questão faria o cidadão sentir-se deslocado com o girar do mundo. As pessoas acham que precisam saber de tudo e para saber de tudo não há tempo a perder com o aprofundamento em uma.

Da mesma forma que os sacerdotes religiosos servem de guias para a vida das pessoas os cientistas também servem. Uns acreditam em tudo que a igreja e o pastor falam e outros em tudo que a ciência e o cientista falam. Basta apenas citar nomes de determinados cientistas que tem gente que já entra em êxtase e esta situação de idolatria é bem aproveitada por quem deseja acobertar a existência da vida extraterrestre. Começam a usar cientistas como laranjas. Cientistas que adquiriram notoriedade e cuja palavra por si só já cria leis e escravos. Os que estão no comando, tendo a necessidade de acobertar a verdade através das mentiras, começam a fazer programas e pesquisas para o estudo da “possibilidade” de existência de vida extraterrestre e então chamam estes laranjas para que lhes sirvam o nome para que tudo que exponham tenha sido avalizado. Cientistas que são apenas personagens deste grande teatro.

As pessoas acreditarão nestes cientistas em tudo que falarem independentemente do que falarem, assim como os religiosos acreditam em seus sacerdotes. Passam a participar de programas espaciais meramente como figurantes para dar seus pitacos de “cientistas renomados” e tudo aquilo que falarem será tido como verdade pois as pessoas vão acreditar pois foram eles que falaram. Precisam falar da ufologia de modo impositivo, com força, para que as pessoas aceitem aquilo que lhes é dito e os cientistas servem como laranjas para que toda a mentira que é dito ao povo adquira força de verdade. As pessoas pensam que só porque determinado cientista participa de determinado programa isto já o torna sério e verdadeiro. É isso que acontece na mídia quando sempre para formarem a opinião pública pegam uma “autoridade” no assunto para servir de concordância para aquilo que querem fazer o povo engolir.

Cientistas que até conquistaram méritos por seus trabalhos em outras áreas são chamados para fazer conluios assim como fazem os sacerdotes religiosos para formar a opinião sobre determinado assunto e as pessoas engolem tudo aquilo como se fosse verdade absoluta pois ninguém ousa questionar aquilo que determinadas pessoas dizem, por mais que não seja verdade. Cientistas que não têm o mínimo de interesse na verdade e na exposição desta e se prestam a servirem como laranjas de um poder maior que oculta da população a verdade. São utilizados para se aproveitar da limitada e frágil capacidade de pensar das pessoas que esbanjam-se em vícios de raciocínio elegendo a quem acreditar por aquilo que lhes fizeram acreditar que representam. Estes cientistas pelo poder que adquiriram pela construção de seu nome fazem com que ninguém ouse duvidar se sua palavra e ao se tornarem ídolos em comunidades científicas podem falar o que quiserem, todo mundo acredita.

Tudo que aparece na mídia sobre ufologia é uma encenação, programas espaciais de governos por busca de existência de vida extraterrestre são teatros, um verdadeiro mundo de fantasias criado para o povo para mostrar que por mais que se esforcem e procurem não encontram provas da existência de vida extraterrestre e os cientistas renomados chamados para dar seus pitacos são apenas meros coadjuvantes neste grande circo, nada mais que laranjas. Os conluios científicos para negar a existência da vida extraterrestre através de políticas que se resumem em debatezinhos de possibilidades e probabilidades são de péssima atuação e talvez chegue o dia em que para enganar o povo precisem mais do que um crachá com um nome e titulação para fazer todo mundo acreditar no que dizem. No picadeiro da farsa eles interpretam personagens que repetem o script da grande mentira e que o povo paga para ver. E ainda aplaude.

“Você pode enganar algumas pessoas o tempo todo, você pode enganar a todos por algum tempo; mas você não pode enganar a todos o tempo todo.” – Abraham Lincoln

 

 


 

. Para se inscrever para receber por e-mail informações sobre novas publicações neste site basta inserir o endereço de e-mail no campo que se encontra logo acima do botão “Inscrever-se” que se encontra no canto esquerdo da tela deste site logo abaixo de minha foto e seguir as instruções.

.. Contato: https://rudyrafael.wordpress.com/contato/

∴ Para ver outras publicações relacionadas ao tema consulte o etiquetado logo abaixo.

 

Posted in: Rudy Rafael