“Nem todo político é igual”: como o povo brasileiro é perpetuamente feito de idiota

Posted on 31 de janeiro de 2016

1


189

“Nem todo político é igual”, “há exceções”, “tem gente boa no meio” e com desculpas deste tipo, sempre apelando à mística exceção, os brasileiros são perpetuamente feitos de idiotas pelas pessoas envolvidas na política brasileira. No Brasil inteiro não há sequer uma pessoa envolvida com a vida política que seja um ente político espiritualmente nato e que tenha ligação com a herança espiritual da política conforme esta se manifestou na Grécia Antiga e na Roma Antiga. Todas as pessoas envolvidas com a política no Brasil são espíritos baixos que se aproveitam da política apenas para satisfazer seus interesses pessoais. Na política brasileira o “bem” e o “mal”, o “bom” e o “mau” e o “certo” e o “errado” são meramente questões de interesses pessoais e um político ou partido político acabam sendo “o bem”, “o bom” e “o certo” meramente porque são aquilo que uma pessoa quer ver ganhar ou porque representam oposição ao político ou ao partido que uma pessoa quer ver perder. Todas as pessoas envolvidas com a política no Brasil só estão envolvidas na política para satisfazer seus interesses pessoais, não os interesses do povo. Políticos e partidos brigam apenas pelo poder e o poder é a única coisa que lhes importa.

Mesmo os políticos e os partidos que são tidos como “o bem”, “o bom” e “o certo” estão envolvidos na política apenas para satisfazer seus interesses pessoais, mesmo que tais interesses não tenham necessariamente ligação alguma com dinheiro ou poder. Quando um político ou partido buscam o poder para fazer valer “o que acreditam”, mesmo que “o que acreditam” seja algo tido como “o bem”, “bom” e “certo”, estes estão buscando poder para satisfazer seus interesses pessoais de impor sua ideologia ao povo. Não importa o quão “do bem”, “bons” ou “certos” pareçam um político e um partido, as pessoas envolvidas na política não estão na política para impor sua ideologia ao povo, por mais “do bem”, “boa” ou “certa” que seja tal ideologia. Política não é o instrumento para alguém impor sua ideologia ao povo; a política é o instrumento por onde alguém, eleito pelo povo para representá-lo, representará o povo que o elegeu e nisto coisa alguma importará a opinião pessoal ou do partido do eleito. O político deve fazer o que o povo quer naquilo que é melhor para o povo. Qualquer outra coisa além disto é deturpação da política. O povo é o chefe supremo e imediato dos políticos, não o contrário, como ocorre no Brasil.

No Brasil os políticos do Partido dos Trabalhadores (PT) querem impor ao povo brasileiro a ideologia do PT, os políticos e partidos de Esquerda querem impor ao povo brasileiro a ideologia de Esquerda, os políticos e partidos de oposição ao PT querem impor ao povo brasileiro a ideologia de oposição ao PT e de seu partido, os políticos liberais querem impor aos brasileiros a ideologia do liberalismo, os políticos da chamada “direita” querem impor ao povo brasileiro a sua ideologia chamada de “direita” e tudo se resume a políticos e partidos querendo votos para ganhar eleições para assim poder impor ao povo brasileiro as suas ideologias e opiniões pessoais. As pessoas envolvidas com a política no Brasil não se envolvem com a política para depois fazer ao povo brasileiro aquilo que o povo quer naquilo que é melhor para o povo, se envolvem com a política para ter ferramentas para impor ao povo o que bem quiserem. O povo brasileiro, como sempre, é feito de idiota pelos políticos brasileiros, os quais usam o povo brasileiro para alcançar o poder. O que os políticos querem no Brasil é poder, mesmo os políticos que são honestos e não se corrompem apenas querem o poder para impor suas ideologias e opiniões pessoais ao povo.

Assim, todos os políticos brasileiros são iguais na medida em que apenas buscam o poder para impor suas ideologias e opiniões pessoais ao povo brasileiro e não há sequer um político no Brasil inteiro que busque ser eleito para fazer ao povo aquilo que o povo quer naquilo que é melhor para o povo. Eleições no Brasil servem apenas para escolher quais políticos terão os instrumentos para impor suas ideologias e opiniões pessoais ao povo. O povo brasileiro, como uma nação, não tem voz após as eleições e fica jogado às traças na mera condição de expectador assistindo aos políticos e partidos eleitos fazerem o que bem quiserem. A deturpação da democracia criou a ilusão de que os candidatos eleitos são os “representantes do povo” de forma que sendo impossível ouvir a todos os cidadãos ouve-se os seus representantes, mas não é isto o que de fato ocorre. Os políticos eleitos passam a fazer o que bem entendem, sem de fato ouvir o povo e o povo fica sempre assistindo as imposições dos políticos e esperando novas eleições na esperança de que algo possa mudar no futuro em razão de uma troca de políticos e partidos. O povo brasileiro é sempre usado e jogado fora pelos políticos e partidos.

O verdadeiro político é meramente um representante do povo, não um salvador do povo. Não existe sequer uma pessoa inspirada, quanto mais iluminada, na política do Brasil, mas todos os políticos e partidos se apresentam como entes iluminados detentores de toda a Sabedoria Cósmica que buscam o poder para fazer com que o povo brasileiro viva no caminho da Luz Maior. O verdadeiro político não decide pelo povo, mas faz valer a vontade do povo naquilo que o povo quer naquilo que é melhor para o povo. Impor ideais e princípios é tirania e nenhum cidadão merece viver sob qualquer regime tirano.  A função do político não é impor ideais e princípios, mas todo político e partido no Brasil busca isto. Os políticos e partidos após vencerem as eleições, e desta forma garantidos seus cargos, não ouvem o povo e para eles o povo não tem valor algum. Após as eleições os políticos eleitos passam a viver em seu próprio mundo de disputa por poder, poder que lhes dá e dará meios para impor seus ideais e princípios, mas a política não existe para isto. A política existe para que o povo possa constantemente manifestar sua vontade e isso não ocorre no Brasil. No Brasil os políticos e partidos não existem para o povo, o povo existe para os políticos e partidos.

Não importa a ideologia do político e do partido que vencem as eleições, importa a vontade do povo e a vontade do povo brasileiro não é respeitada de forma alguma por político ou partido algum. O político, independentemente de sua ideologia, deve fazer valer a vontade do povo naquilo que é bom para o povo e nisto o político voltado à Esquerda deve se manifestar pelo viés de Direita quando isto representar a vontade do povo naquilo que é bom para o povo assim como o político voltado à Direita deve se manifestar pelo viés de Esquerda quando isto representar a vontade do povo naquilo que é bom para o povo. Não importa a ideologia do político, importa a vontade do povo naquilo que é bom para o povo. No Brasil a vontade do povo jamais foi respeitada pelos políticos e partidos brasileiros e o povo brasileiro não faz questão alguma de mudar coisa alguma em relação a isto haja vista que já se tornou marionete nas mãos dos políticos brasileiros na medida em que sucessivamente elegem um bando de políticos para substituir outro bando de políticos. O povo brasileiro foi completamente alienado para achar que existem políticos inimigos do povo que devem ser combatidos através de votos em outros políticos “amigos do povo”.

Existe um paradoxo demoníaco na política brasileira e o povo brasileiro o sustenta. Um bando de políticos conquista o poder para ser a salvação dos problemas criados por outro bando de políticos que conquistara o poder para também ser a salvação dos problemas criados por outro bando de políticos que também conquistara o poder para ser a salvação dos problemas criados por outro bando de políticos e assim sucessivamente. O PT surgiu como “salvação” dos problemas criados pelo Partido da Social Democracia Brasileira (PSDB) e logo depois o PSDB surgiu como “salvação” dos problemas criados pelo PT. Assim sucessivamente o povo brasileiro é usado como mero instrumento para dar poder para os políticos brasileiros. Não há político ou partido algum que realmente exerça a política como deve exercer – do povo, pelo povo e para o povo -, mas políticos e partidos sempre recebem poder do povo brasileiro que procura por salvação dos problemas criados pelos políticos e partidos que exercem o poder quando o exercem. O Brasil piora cada vez mais, o povo brasileiro sofre cada vez mais e os políticos brasileiros continuam fazendo o povo brasileiro de idiota com a ladainha de que “nem todo político é igual”.

A classe política do Brasil é a pior do mundo e a forma que esta encontra para se manter no poder é a conversa de que “nem todo político é igual”, discurso este que faz com que ela continue existindo e recebendo o poder que emana do povo brasileiro. A conversa de que “nem todo político é igual” põe termo a qualquer esperança que se possa ter de um futuro melhor para o Brasil, pois quando o povo brasileiro aceita que “nem todo político é igual”, o povo brasileiro continua elegendo políticos da classe política brasileira e a classe política brasileira é o grande inimigo do Brasil. Independentemente do espectro político, seja de Esquerda, Direita, baixo, cima, fora, dentro ou o que for, todas as pessoas que se envolvem com a política no Brasil são políticos brasileiros, os políticos brasileiros fazem política no Brasil e a política no Brasil é o esquecimento do povo brasileiro e a imposição de coisas ao povo brasileiro. A política brasileira é imunda e quem se insere nessa imundície, seja de qual partido ou ideologia política for, quer fazer e faz parte de tal imundície. “Nem todo político é igual” é a salvação de toda a classe política brasileira, é o discurso que um político faz e salva toda a classe política.

No Brasil os políticos de Esquerda não se preocupam se há uma política de Direita que pode ser melhor para o povo, os políticos de Direita não se preocupam se há uma política de Esquerda que pode ser melhor para o povo, os liberais não se preocupam se há uma política de Esquerda que pode ser melhor para o povo e político algum se preocupa em fazer realmente o melhor para o povo. Os políticos de Esquerda querem impor as ideologias de Esquerda, os políticos de Direita querem impor as ideologias de Direita, os liberais querem impor o liberalismo, os comunistas querem impor o comunismo e todo político quer impor algo ao povo brasileiro. A grande vantagem dos políticos brasileiros é que o povo brasileiro engoliu facilmente o esquema de votar em um para tirar o outro e assimilou como gado a brincadeira de guerra política e de querer “vencer” o “inimigo” político através das eleições. O povo brasileiro engoliu facilmente a artimanha da classe política que lhe fez ver determinados políticos e partidos como “inimigos” e que consequentemente lhe fez ver outros determinados políticos e partidos como “a cura” contra aqueles e é desta forma que a classe política se perpetua no poder: quando o povo elege uns em seu movimento contra outros.

A política brasileira é imunda e quem se envolve nela faz parte dela na forma como ela é. O Brasil só mudará quando o povo brasileiro que não está envolvido na imundície que é a política brasileira compreender que não existe “Direita Vs Esquerda”, “Liberais Vs Esquerda”, “Comunismo Vs Capitalismo”, “PT Vs PSDB” e qualquer combate entre políticos, partidos e ideologias políticas, mas que o único conflito que existe é a classe política brasileira contra o povo brasileiro. Enquanto o povo continuar engolindo a ladainha de que “nem todo político é igual” a classe política brasileira se perpetuará no poder e no comando do Brasil. O povo brasileiro é perpetuamente feito de idiota pelos políticos brasileiros ao acreditar que são os políticos brasileiros que lhe salvarão dos problemas criados pelos próprios partidos políticos brasileiros. Não existem “políticos bons” ou “partidos bons”, todos estes fazem parte da classe política brasileira e a classe política brasileira é a grande inimiga do Brasil. “Nem todo político é igual” faz com que ao final os políticos sempre vençam, pois sempre políticos serão eleitos. Enquanto o Brasil tiver esperança na sua classe política não haverá esperança para o Brasil. Todos os políticos brasileiros são políticos brasileiros.

 


 

. Para se inscrever para receber por e-mail informações sobre novas publicações neste site basta inserir o endereço de e-mail no campo que se encontra logo acima do botão “Inscrever-se” que se encontra no canto esquerdo da tela deste site logo abaixo de minha foto e seguir as instruções.

.. Contato: https://rudyrafael.wordpress.com/contato/

∴ Para ver outras publicações relacionadas ao tema consulte o etiquetado logo abaixo.

 

Marcado:
Posted in: Rudy Rafael