Minha próxima vida será na Coréia do Sul

Posted on 31 de março de 2016

0


As pessoas que lutam para ser ou parecer boas são piores do que imaginam ou parecem e as que não fazem questão de ser ou parecer boas são melhores do que imaginam ou parecem. Pessoa alguma é aquilo que luta para ser ou parecer. Não existe essência artificial. O Eu Interior – o Eu Verdadeiro, Eterno e Imutável – é natural. Aquilo que cada um verdadeiramente é se expressa de forma natural e toda força movida no sentido de ser ou parecer algo apenas expressa o que cada um não é. Quem é feliz, apenas é, não precisa dizer que é, não precisa provar que é e não precisa sequer se dar conta que é. Quando se está verdadeiramente feliz não se pensa estar feliz, apenas se está. O Eu Interior pode viver uma vida completamente diferente da vida que vive o Eu Exterior. Pessoas que vivem lutando para ser ou parecer boas no plano material podem fazer atrocidades no plano espiritual, enquanto pessoas que não fazem questão de ser ou parecer boas no plano material podem fazer grandes boas coisas no plano espiritual. Tudo que é artificial em relação ao Eu possui uma força lhe movendo em determinada direção justamente porque precisa de uma força para lhe mover em sentido contrário ao que naturalmente vai.

Isto revela que o homem possui corpos e que os corpos podem possuir consciências distintas um do outro. O corpo físico pode viver uma vida enquanto o corpo astral vive outra e o corpo mental outra ainda. Um dos objetivos da evolução espiritual é viver com todos os corpos a mesma vida, ser exatamente o mesmo em todos os planos de manifestação da consciência. Em verdade é isto que chama-se de casamento alquímico. O casamento alquímico não é a união com uma consciência distinta, com a chamada alma gêmea ou qualquer outro ser distinto, mas consigo; é quando o Eu Exterior toma consciência do seu Eu Interior e ambos passam a ser um só vivendo apenas uma vida, sendo no plano material como no espiritual. Uma pessoa que busca a espiritualidade só poderá encontrar a pessoa certa para a sua vida quando já estiver casada alquimicamente consigo, pois é preciso ter consciência do seu Eu Interior para conhecer a si e assim saber quem é a pessoa certa para si no caminho da espiritualidade. Pessoa alguma pode querer um relacionamento amoroso fundado na espiritualidade com o objetivo de cumprimento de missão se não conhece o seu Eu Interior, pois um relacionamento fundado na espiritualidade vem pelo Eu Interior.

Os vários corpos do homem possibilitam e otimizam inúmeras experiências para a consciência. A viagem astral consciente não pode ser considerada a maior dádiva do Universo, pois trata apenas de uma experiência em um dos vários corpos do homem. Existem corpos superiores ao corpo astral e consequentemente experiências superiores à viagem astral consciente. Há corpos superiores para níveis superiores onde não há sequer uma forma delineada, mas o corpo é apenas um ponto de luz, como uma chama incandescente, que se desloca no espaço. Cada corpo possui consciência independente e pode viver uma vida autônoma, dedicando-se ao bem ou ao mal, daí também a necessidade de evoluir espiritualmente para saber o que cada corpo seu faz em cada plano de manifestação da consciência. Assim como na viagem astral consciente é possível observar o corpo físico em repouso no plano material é possível o procedimento inverso, onde com a consciência no corpo físico se observa o corpo astral vivendo sua vida de forma autônoma ao corpo físico e foi através deste processo que pude observar o meu Eu Interior preparando a minha próxima vida no planeta Terra, vida esta que será na Coréia do Sul.

Certa noite acordei em meu quarto e ainda deitado em minha cama vi o meu corpo astral, ali mesmo em meu quarto, sentado em uma cadeira logo à minha frente preparando minha próxima vida, interagindo com os espíritos da família onde irei encarnar. Os espíritos que serão os meus pais ainda não nasceram, mas já estão conscientes e juntos no plano espiritual e já sabem que eu irei encarnar através deles. Meus futuros pais já se apresentam com corpos astrais de jovens sul-coreanos, são sorridentes e emanam alegria e felicidade. O relacionamento amoroso de um casal pode ser forjado na espiritualidade antes de o casal encarnar e este é o caso de meus futuros pais, os quais também serão sul-coreanos assim como eu serei sul-coreano. Minha próxima vida será uma continuação de meu trabalho como reptiliano. Nós, os últimos reptilianos que ficaram na Terra, estamos nos preparando para deixar o planeta, pois o que havia de ser feito aqui já foi feito. O homem já aprendeu a andar, a falar, a escrever, a se comunicar e já está saindo da Terra. Há inúmeras outras civilizações na Criação que necessitam aprender para chegar ao nível de evolução que o homem chegou e para isto precisam de nossa ajuda.

É sabido que toda pessoa que trabalha com espiritualidade deve ter um espelho de certa forma consagrado para ter acesso a certas coisas. Através do meu espelho também tive uma experiência onde pude ver os espíritos dos meus futuros pais assim como o meu futuro corpo físico. Minha futura vida na Coréia do Sul seguirá o processo anti-horário de reencarnação. Hoje sou brasileiro e vivo no Brasil, em minha vida imediatamente anterior à esta fui estadunidense e vivi nos Estados Unidos e em minha próxima vida serei sul-coreano e viverei na Coréia do Sul. Não encarnarei na África porque não tenho o que fazer na África. Há lugares na Terra onde não há mais esperança de certas coisas florescerem e se desenvolverem e a África é um destes lugares. Em minha próxima vida voltarei a ser cientista e vou me preparar para voltar a ser astronauta para que possa deixar a Terra no futuro. Ocorre que eu não poderia voltar a ser cientista e me preparar para voltar a ser astronauta se encarnasse em qualquer lugar na África. Em minha próxima vida deverei me envolver com a ciência e preciso encarnar em um pais livre onde a espiritualidade permita que a ciência se desenvolva e a Coréia do Sul é um destes lugares.

Sou brasileiro e vivo no Brasil e tenho ainda mais quatro vidas para viver no planeta Terra. Minha última vida na Terra será no século XXV, onde deixarei a Terra para continuar o meu trabalho espiritual em outro planeta. Tudo aquilo que nós, reptilianos, fizemos na Terra já fizemos em outros inúmeros planetas e continuaremos a fazer em outros inúmeros planetas. A Terra já teve o seu salto de evolução e a besta humana conseguiu um certo nível de evolução, agora é preciso continuar o trabalho de evolução em outros seres e em outros planetas. Em minha próxima vida voltarei, conforme minha essência de cientista, a me dedicar à ciência e começarei a me preparar para voltar a ser astronauta, como vim à Terra. Neste processo de retorno ao envolvimento com a ciência através de estudo e prática a Coréia do Sul me servirá para que eu possa retornar à ciência, eis que se trata de país envolvido com a ciência destinado a se envolver grandemente com a exploração espacial. A exploração espacial está destinada a se tornar atividade de vários países do mundo no futuro e tais países começarão este processo indo à Lua. Vários países irão à Lua no futuro e começarão sua atividade espacial indo até lá, inclusive já no século XXI.

Algumas pessoas se questionam qual o meio para deixar de encarnar no planeta Terra e o processo é mais simples do que se imagina. O meio para deixar de encarnar na Terra é simplesmente deixar a Terra através do plano material e não voltar mais, de forma que ocorra o desencarne fora da Terra. Quer dizer: um astronauta que deixa a Terra e desencarna fora da Terra deixa de encarnar na Terra e passa a encarnar no local onde desencarnou. Não existe isso de desencarnar e o espírito sair voando para outro planeta, de extraterrestres virem em naves espaciais e levarem a pessoa para outro planeta ou de seres bonzinhos de Luz virem resgatar o espírito e levar para fora da Terra. Ao desencarnar a alma da pessoa se encontrará exatamente no mesmo local onde estiver o corpo físico que fôra utilizado para a encarnação. Se uma pessoa morre em casa a alma se desligará do corpo físico em casa e a partir de casa seguirá seu rumo, se uma pessoa morre no hospital a alma se desligará do corpo físico no hospital e a partir do hospital seguirá seu rumo e se uma pessoa morre na Terra, na Terra estará e a partir da Terra seguirá seu rumo. Portanto, a partir do século XXV eu deixarei de encarnar no planeta Terra pois o deixarei como astronauta.

A Coréia do Sul será o início da minha retomada das minhas atividades como cientista e astronauta, que é como vim à Terra como reptiliano. É um país livre que me permitirá estudar, trabalhar e desenvolver a ciência relacionada à exploração espacial em favor da humanidade. Ignorantes demonizam a ciência através de sistemas maniqueístas torpes que atribuem o materialismo – e consequente egoísmo – à ciência, já que a ciência trata do cognoscível no plano material, onde necessariamente no oposto à ciência, a negação da ciência, encontrar-se-ia o altruísmo e consequentemente a bondade. Não sabem os humanos que se não fosse o desenvolvimento científico seres extraterrestres não teriam vindo à Terra e evoluído geneticamente o homem para que assim pudesse evoluir o próprio planeta Terra. O conhecimento científico na Terra após a queda da Atlântida está nas mãos da espiritualidade e a espiritualidade só o libera para quem não colocar em risco o plano de evolução da Terra. A Coréia do Sul é um país ao qual a espiritualidade começará a entregar ainda mais tecnologia para que a desenvolva em favor da humanidade. Todo ser extraterrestre evoluído encarnado na Terra necessariamente tem apreço pelo desenvolvimento científico.

Cada pessoa nasce no país onde deve ficar, viver, construir sua família e cumprir a sua missão na Terra e se dali sai não será por verdadeira necessidade, pois a espiritualidade supre todas as verdadeiras necessidades que tenham a ver com condições exteriores ao ser e que não possam ser suportadas pelo ser, de forma que cada pessoa sempre terá verdadeiramente todas as condições para passar por todos os infortúnios que a vida lhe trouxer. Os chamados “infortúnios” que a vida traz para cada pessoa fazem parte do aprendizado espiritual de cada alma; se uma pessoa nasce em um país pobre deve aprender a conviver com pobreza, se uma pessoa nasce em um país com catástrofes naturais deve aprender a conviver com catástrofes naturais, se uma pessoa nasce em um país como guerra deve aprender a conviver com guerra e cada um possui a capacidade de conviver com todos os infortúnios que a vida lhe trouxer em seu país natal. Cada vez que uma pessoa deixa o seu país natal por não aceitar qualquer coisa que ela interprete como um problema ela não superou tal coisa, isto continuará pendente em seu caminho de evolução e ela terá que encarar aquilo novamente no futuro, seja em sua atual vida onde fugiu para outro país ou em uma próxima vida.

A vida é a suficiente e maior prova do Amor do Grande Deus Criador pelo homem e cada encarnação em cada lugar em cada tempo é um presente único que jamais se repetirá. Uma pessoa jamais poderá nascer novamente no mesmo país onde nasceu no mesmo tempo em que nasceu e quando a isto renuncia deixa de aproveitar o melhor que a sua encarnação pode lhe trazer em termos de evolução espiritual. A Providência Divina faz com que cada um nasça no país onde deve nascer, de forma que em tal país terá as melhores condições possíveis para o seu desenvolvimento espiritual. A Terra, por ter tantos países com tantas diferenças, oferece um vasto campo de aprendizado para a alma. Fugir de um país para viver melhor em outro é fugir de um aprendizado, pois cada país tem algo a ensinar. Viver conforme a espiritualidade é aceitar ter nascido onde nasceu para ali viver. Em meu caminho no planeta Terra, caminho este que se perfaz de vidas como passos, meu próximo passo é a Coréia do Sul. Sinto-me satisfeito por ser a Coréia do Sul o meu próximo passo, assim como me sentiria satisfeito por qualquer país onde fosse o meu próximo passo. Sinto-me satisfeito por já poder amar a minha próxima vida.

 


 

. Para se inscrever para receber por e-mail informações sobre novas publicações neste site basta inserir o endereço de e-mail no campo que se encontra logo acima do botão “Inscrever-se” que se encontra no canto esquerdo da tela deste site logo abaixo de minha foto e seguir as instruções.

.. Contato: https://rudyrafael.wordpress.com/contato/

∴ Para ver outras publicações relacionadas ao tema consulte o etiquetado logo abaixo.

 

Posted in: Rudy Rafael