Vocês, humanos encarnados no planeta Terra, que só ouvem lixo estão literalmente envenenando vossa alma

Posted on 31 de outubro de 2016

3


Vocês, humanos encarnados neste planeta que chamam de Terra, escutam muito lixo. Todo lixo que entra pelo vosso ouvido vai diretamente para o vosso sangue como veneno que é injetado diretamente em vossas veias; e por escolha própria. Vocês vivem em um mundo onde se ganha dinheiro com música e coisa alguma que é feita para ganhar dinheiro conta com o amparo da Espiritualidade, pois é a Espiritualidade quem supre financeiramente quem está com ela. Não existe coisa alguma inspirada pela Espiritualidade que seja realizada com o intuito de ganhar dinheiro. Quem está com a Espiritualidade não precisa se preocupar com dinheiro. A Espiritualidade inspira para criar músicas de positiva vibração para a alma, mas não com propósito de que alguém lucre com isto. Não adianta gastar tempo com as coisas que vocês dizem ter relação com a espiritualidade enquanto vocês ouvem músicas que são como veneno para vosso sangue. É melhor não se envolver em coisa alguma que vocês compreendam ter relação com a Espiritualidade que ouvir músicas que são como veneno para vossa alma.

Vocês, humanos encarnados neste planeta que chamam de Terra, são escravos dos sentidos físicos e dentre estes sentidos o que mais vos escraviza é a visão. Para vocês a vida e a realidade são aquilo que vocês veem. Existem outros sentidos além dos quais vocês conhecem e dentre os que vocês conhecem – dentre os sentidos físicos – existe um sentido absolutamente incompreendido por vocês: a audição. O que vocês ouvem – principalmente o que vocês escolhem ouvir – pode vos curar ou vos matar. Vocês não sabem ditso, mas quando escutam músicas podres, músicas feitas para ganhar dinheiro e sem propósito espiritual algum, as vibrações dos sons de tais músicas entram em vosso corpo físico como um veneno e ingressam em vossas veias diretamente em vosso sangue. No sangue há alma. Quando vocês ouvem lixo esse lixo entra literalmente em vossa alma e vos deixa doentes. Ouvir música podre é literalmente injetar veneno em vosso sangue. Vocês possuem o livre arbítrio para escolher o que ouvem e quando escolhem ouvir lixo terão que colher o que plantaram escolhendo ouvir lixo.

A boa música cura, a música ruim mata. A boa música é a música harmoniosa, que soa bem dentro do coração, que soa bem dentro da alma e que vai vos fazer desligar dos sentidos físicos, alcançar os sentidos maiores e consequentemente as dimensões maiores, pois é impossível acessar dimensões maiores sem sentidos maiores. É a música que se ouve para si, não para os outros. É a música que foi feita sem intenção de ganhar dinheiro, sem intenção de adquirir coisas materiais e transitórias como status, prestígio, poder, fama, popularidade, bajulações, direitos autorais e tudo aquilo que não tenha um propósito divino. A boa música é cura. A boa música entra bem na alma através do sangue como o sopro divino. A boa música eleva a vibração da alma e a alma então se fortifica para que possa resistir às doenças que estão à vossa volta. As vibrações das boas músicas entram no sangue e assim penetram na alma, fortificando-a e tornando-a intransponível para as doenças que queiram afetá-la. A boa música forma uma barreira na alma impedindo que qualquer elemento negativo externo ali ingresse.

A boa música para a alma é também o conjunto de palavras positivas, de incentivo, de congratulações, de parabenizações, de apoio, de carinho e de Amor. Vocês, humanos encarnados neste planeta que chamam de Terra, vivem em um sistema negativo onde cresceram aprendendo que criticar é bom, que criticar é positivo, que a “crítica construtiva” é boa e que devem “ser sinceros” e criticar tudo e todos o tempo todo. Mas este sistema é falho e tem falhado com vocês, pois não é verdadeiro. Vocês não precisam corrigir pessoa alguma; para corrigir o próximo existe a Espiritualidade e cada um possui o seu tempo e o seu caminho. A Espiritualidade não precisa de vocês fazendo mal aos seus irmãos humanos através de palavras negativas que soam como veneno para a alma de seus irmãos humanos. Façam a sua parte sendo o melhor que puderem na vida enquanto encarnados e o resto deixem com a Espiritualidade. A Espiritualidade possui a Providência Divina para fazer cada um acertar o seu caminho. Vocês não ajudam espírito algum em seu plano de encarnação através das críticas. Ajudar é estender a mão.

Tantos de vocês, humanos encarnados neste planeta que chamam de Terra, falam tanto em “demônios”, “obsessores” e tantos “escravizadores” que pretensamente são de outros planos de manifestação da consciência e que vivem para vos fazer mal (é realmente um absurdo que vocês ainda acreditem tanto que existem seres em outros lugares cujo único propósito de existência seja viver para vos fazer mal), mas os verdadeiros “demônios”, “obsessores” e “escravizadores” de seus irmãos humanos são os que lhes dirigem palavras negativas, de “críticas construtivas”, de ofensas, de injúrias, de maldições, de desespero, de infortúnios e palavras que entram pelos seus ouvidos como uma má música, como veneno para suas almas. Os “inimigos” da Espiritualidade não precisam trabalhar tanto quanto vocês imaginam, já que contam com os próprios humanos encarnados para propagarem o mal pelo mundo através de palavras venenosas. Os “inimigos” da Espiritualidade não precisam trabalhar tanto quanto vocês imaginam, já que contam com os próprios humanos encarnados para propagarem o mal pelo mundo.

Esqueçam a baboseira de que elogiar alguém é sempre “inflar seu Ego”. Às vezes o elogio sincero pode curar um câncer enquanto que a “crítica construtiva” faz desenvolver um. A incapacidade de elogiar sinceramente alguém demonstra a incapacidade de amar alguém que não seja a si. Vocês, humanos encarnados neste planeta que chamam de Terra, não são perfeitos. Sempre existiu e sempre existirá alguém melhor que vocês e vos compete reconhecer isto. Vocês estão afastados do Grande Deus Criador e este afastamento vos dividiu, mas cada um de vocês faz parte da grande unidade terrena. Como vocês todos fazem parte de uma mesma unidade, todos vocês têm uma função a desempenhar e assim será normal haver entre vocês uns mais capazes que outros em certas coisas. Cabe a vocês reconhecer a vossa própria incapacidade e limitação e a capacidade e potencial de seu irmão humano e sinceramente lhe elogiar quanto vosso coração se encher por ele de Amor, para que tal elogio vibre do vosso coração para a alma de seu irmão e lhe estimule a fazer ainda mais aquilo que ele faz bem em favor da humanidade.

Não se deixem enganar pela grande baboseira de que elogiar sinceramente alguém é algo negativo, pois não é. O elogio sincero é boa música para a alma de vossos irmãos e vos cabe serem músicos da boa música da Espiritualidade. Elogiar sinceramente alguém pode tanto curar quem ouve, pois aquilo entra dentro dele como uma verdadeira cura divina, quanto pode curar quem fala, pois pode haver a libertação do Ego aprisionado na individualidade. A verdadeira libertação vem da comunhão com o Grande Deus Criador e vocês, humanos encarnados neste planeta que chamam de Terra, começam a seguir este caminho quando aprendem a entrar em comunhão com seus irmãos humanos. Se vocês são incapazes de elogiar sinceramente alguém não tentem justificar isso com as baboseiras de que elogiar alguém significa puxar o saco, de que isso não fará bem à pessoa e de que criticar é melhor. A incapacidade de cada um de elogiar sinceramente alguém deve ficar sobre cada um incapaz de elogiar sinceramente alguém. Os seus irmãos humanos precisam de estímulos vibracionais que fazem bem à alma, não de veneno.

Não existe “crítica construtiva” na Espiritualidade. A Espiritualidade não “critica construtivamente”. A Espiritualidade ama e o Amor é e sempre será o suficiente. Antes de criticar o defeito de seu irmão humano elogie o que ele tem de bom – se vocês, humanos encarnados neste planeta que chamam de Terra, conseguirem perceber o que seus irmãos humanos têm de bom -. Assim como vocês precisam ouvir o que é bom para se curar, precisam parar de ouvir o que é ruim para não se envenenar. Barulhos altos, gritos, berros, músicas instrumentais sem sentido, músicas que louvam a tristeza, a frustração, a dor, a raiva, a angústia, a traição, os sentimentos negativos, as condutas negativas na vida, os vícios, os maus costumes, as ilegalidades e os amores não correspondidos são veneno para a vossa alma. Música boa é música que deixa a alma feliz, não a personalidade ou a mente. A Espiritualidade faz música para ouvir sozinho em seu lugar de oração, não para ouvir em público para se entorpecer com ilusões de alegria e de felicidade. Música boa se ouve sozinho e em silêncio, não com barulho e com multidão.

As coisas da Espiritualidade não são relativas. Se as coisas da Espiritualidades fossem relativas não existiria a Providência Divina. A Providência Divina cumpre as leis cósmicas e não existe subjetividade na interpretação de uma lei cósmica. As leis cósmicas são o que são porque o Grande Deus Criador é o que é. As coisas da Espiritualidade são belas e harmoniosas. As músicas da Espiritualidade são belas e harmoniosas. Músicas com gritos, com berros, com barulhos e com batidas loucas e insanas são venenosas para a alma. Sons bons devem ser buscados e sons ruins devem ser evitados. Evitar o som ruim é evitar o próprio adoecimento, pois é evitar o envenenamento da alma. A alma humana deve ser preservada e a forma de preservar a alma é utilizar devidamente os sentidos físicos que vocês, humanos encarnados neste planeta chamado Terra, conseguem utilizar. Se vocês possuem o sentido físico da audição aproveitem-no da melhor forma possível, primeiramente deixando de consumir o lixo que o mundo material vos fornece. A Espiritualidade não faz música para show ou para noitadas.

Para vocês, humanos encarnados neste planeta chamado Terra, as coisas que vocês compreendem como espirituais são algo que vocês fazem em seus momentos livres, e sempre há algo acima das coisas espirituais; seja estudar, trabalhar ou ganhar dinheiro, mas nos mundos superiores a espiritualidade é a única forma concebível de viver. Seres como nós, que fazem o trabalho da Espiritualidade neste planeta, vieram de lugares onde a única forma de viver é viver inteiramente para e pela Espiritualidade e é ela que nos provê. Vocês precisam compreender e aceitar a dualidade. Vocês precisam entender que da mesma forma que há músicas que vêm diretamente da Espiritualidade há músicas que vêm diretamente dos mais variados infernos e umbrais. Assim como os bons espíritos desejam estar com vocês através da boa música os maus espíritos desejam estar com vocês através da música ruim. Os bons espíritos estão dispostos a vos ajudar, mas vocês precisam ouvi-los. O Grande Espírito é grande porque está neste planeta para todos e ele quer ser ouvido pela vossa alma para que possa vos curar. Basta ouvi-lo.

 


 

. Para se inscrever para receber por e-mail informações sobre novas publicações neste site basta inserir o endereço de e-mail no campo que se encontra logo acima do botão “Inscrever-se” que se encontra no canto esquerdo da tela deste site logo abaixo de minha foto e seguir as instruções.

.. Contato: https://rudyrafael.wordpress.com/contato/

∴ Para ver outras publicações relacionadas ao tema consulte o etiquetado logo abaixo.

 

Posted in: Rudy Rafael