Mentes pequenas não acreditam em extraterrestres

Posted on 15 de março de 2010

12


Ao tratar sobre o assunto de vida extraterrestre costuma-se analisar um padrão típico de como as pessoas recebem o assunto. Zombaria, escárnio, descrença, deboche, piadas, ironias, sarcasmos e em alguns casos até certa hostilidade são padrões comportamentais típicos da grande maioria dos que dizem não acreditar na possibilidade de que em um dos 600 milhões de planetas habitáveis em nossa galáxia possa existir vida inteligente. Tal reação, por mais que seja normal do ser humano comum, deve ser compreendida pois é preciso sensatez para saber como lidar nestas situações e saber o que está fazendo, afim de não desperdiçar tempo e energia; pois bem se sabe que não há como tirar leite de pedra. Nascemos em um mundo já pensado onde toda a nossa vida já está pré-ordenada e estipulada. Não é preciso fazer nada além de viver conforme o que está pronto: 1/3 da vida você dorme, 1/3 da vida você trabalha e 1/3 da vida você se diverte com toda forma de entretenimento que lhe é fornecido, lê algo, assiste um filme, sai com amigos, faz um curso, estuda etc.

As pessoas acabam criando um foco nisto tudo, nos horários, nas responsabilidades, nos deveres, nas necessidades, pois esta é o sistema da vida que lhes foi dada e se seguirem este sistema, existe a promessa da recompensa: “Seja um bom cidadão, estude bastante e trabalhe com afinco e você terá dinheiro para comprar o que quiser”, e esta recompensa agrada a todos, pois a sociedade expressa a todo o momento o que ganha alguém que vive assim, seja através da mídia expondo as celebridades, seja até no pequeno contato social onde um prefere o outro pelo que tem e não pelo que é. É neste sistema que as pessoas têm suas vidas enraizadas, sua fé, esperança, razão, dedicação, esforço e foco. A pessoa vive focada neste sistema de vida e este sistema tem como única realidade esta vida, neste planeta, no “aqui” e não há como chegar de uma hora para a outra e mostrar uma nova realidade que iria totalmente de encontro à esta realidade em que as pessoas vivem.

Elas estão presas a isso, a esta vida de dormir, trabalhar, comprar, lazer, parecer inteligente, parecer bonito, parecer diferente e a questão da vida extraterrestre traz uma percepção que jogaria tudo isto por terra e elas irão proteger isso, custe o que custar, pois esta realidade é o que sustenta suas vidas e nesta realidade não está inserida o lugar do homem no universo, mas apenas em pequenas comunidades locais, seu bairro, sua cidade, seu estado e seu país, para alguns poucos. A realidade das pessoas não foi criada por elas, elas apenas obedeceram este sistema, sua mente aceitou e fechou-se em uma caixa fechada às possibilidades e aí começa a surgir a questão do porque não acreditam na existência de vida extraterrestre. Nesta caixa que as pessoas vivem, sua realidade já está pronta, sua mente se adaptou à esta realidade e não irão aceitar qualquer coisa que esteja fora desta caixa, até porque, sua mente já não possui condições de perceber a realidade que está fora desta caixa.

Einstein disse que a mente que se abre à uma nova idéia jamais voltará ao seu tamanho original e é assim que compreendemos o porque das pessoas que vivem nestas caixas do sistema não conseguirem acreditar em vida extraterrestre; sua mente está fechada, soldada e lacrada e não irá aceitar nada que não esteja dentro desta caixa e o que está ali é apenas o modo de vida e a vida que o sistema de vida dá a todos nós: dormir, trabalhar e entretenimento; além da visão de sua existência como parte apenas deste planeta. Não é possível abrir a cabeça das pessoas e enfiar idéias dentro de sua mente, por isso, algumas discussões sobre o tema com certas pessoas são inviáveis. Se a pessoa tem a mente fechada para o assunto e está vivendo neste sistema, nesta vida do jeito que nos é dada, não adianta ficar discutindo, tentando provar, debatendo, perdendo tempo e energia com isto. Ela mesma, ao aceitar a realidade que lhe deram, desfazendo-se do seu próprio livre-arbítrio no sentido de perder sua auto-determinação e criar sua própria realidade, decretou os limites de sua mente e assim, de sua própria compreensão e consciência.

A partir do momento que a pessoa aceita que a vida é tão e somente aqui, sua realidade será tão e somente aqui. A pessoa não tem como entender o que está além dos limites de sua mente, aquilo é absolutamente incompreensível e a pessoa não tem capacidade cognitiva para entender a situação e foi por livre-arbítrio dela. Ela escolheu aceitar a realidade que lhe impuseram e não há como fazer nada. Se ao expor o assunto de vida extraterrestre perceber-se que a pessoa apenas está rindo, debochando, menosprezando, zombando, é necessário ter sensatez que a discussão se tornará inválida, na medida que se está falando de assuntos que estão além do seu próprio entendimento. Não adianta ficar ali martelando que isto não vai entrar à força, a mente literalmente fechou-se em uma caixa. A mente como está limitada pode-se passar a vida toda tentando explicar algo que a pessoa não irá entender, até porque, nem teria como compreender algo que é impossível para ela na limitação de sua própria mente.

É como ver uma fruta no topo de uma árvore em uma altura de 5m e tentar pega-la esticando o braço. O braço não vai esticar até lá para pegar a fruta. A mesma coisa é quando a pessoa limitou sua mente. Sua mente e raciocínio estão limitados e não alcançarão a extensão do assunto. O que importa é que a verdade é o que é. Algo não deixa de existir porque alguém não acredita que existe e este “acreditar” é essencialmente ligado à capacidade de percepção e compreensão da mente humana. A mente pequena que se fechou em seu pequeno mundo determinou sua própria limitação e nada do que esteja além disso será compreendido.

 


 

. Para se inscrever para receber por e-mail informações sobre novas publicações neste site basta inserir o endereço de e-mail no campo que se encontra logo acima do botão “Inscrever-se” que se encontra no canto esquerdo da tela deste site logo abaixo de minha foto e seguir as instruções.

.. Contato: https://rudyrafael.wordpress.com/contato/

∴ Para ver outras publicações relacionadas ao tema consulte o etiquetado logo abaixo.

 

Posted in: Rudy Rafael